Ano 17

10º Olhar de Cinema

Cena de As vezes que não estou la (PE), de Dandara de Morais
O Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba chega à sua décima edição, que acontece virtualmente, devido à pandemia da Covid-19, de 6 a 14 de outubro de 2021.

A programação apresenta mais de 70 filmes entre produções nacionais e internacionais, em formatos de curta, média e longa-metragem, com preço de ingresso popular a 5 reais. Também na programação, seminários e masterclass.

O site Mulheres do Cinema Brasileiro faz a cobertura desse importante festival pelo segunda vez, focalizando as produções brasileiras.

A programação de filmes é dividida em mostras: Competitiva, Novos Olhares, Foco, Exibições Especiais, Outros Olhares, Mirada Paranaense e Olhares Brasil, além dos filmes de abertura e de encerramento.

O 10º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba vai premiar as seguintes categorias:

Competitiva
Longa-metragem
- Prêmio Olhar de Melhor Filme;
- Prêmio Especial do Júri;
- Prêmio de Contribuição Artística (O prêmio pode ser dado para roteiro, direção, atuação, composição de trilha sonora original, montagem, direção do fotografia, direção de arte ou edição de som);
- Prêmio do Público;

Curta-metragem
- Prêmio Olhar de Melhor Filme;

Outros Prêmios Oficiais
Longa-metragem
-Prêmio de Melhor longa-metragem brasileiro das mostras Competitiva, Outros Olhares e Novos Olhares;
- Prêmio de Melhor Filme da mostra Novos Olhares;
- Prêmio de Melhor Filme da mostra Outros Olhares;

Curta-metragem
-Prêmio de Melhor curta-metragem brasileiro das mostras Competitiva e Outros Olhares;

Prêmios de Parceiros
Abraccine
- Prêmio da Crítica Para o Melhor Longa-Metragem da Mostra Competitiva.

Prêmio AVEC-PR
O prêmio será concedido a um filme, curta ou longa-metragem, com produção ou coprodução do Paraná, que figure na programação do festival em qualquer uma de suas mostras.



Programação de longas brasileiros

Filme de Abertura: 
- O dia da posse (RJ), Allan Ribeiro

Filme de Encerramento:
-  Nós (BA), Letícia Simões

Competitiva: 
- O sonho do inútil (RJ), José Marques de Carvalho Jr.
- Rio Doce (PE), Felipe Fernandes
- Rolê - História dos Rolezinhos (RJ), Vladmir Seixas

Novos Olhares: 
- Virar Mar (brasil/Alemanha),  Philipp Hartmann, Danilo Carvalho
- A cidade dos abismos (SP), Priscyla Bettim, Renato Coelho
- Esqui (Argentina/Brasil), Manque La Banca

Exibições especiais:
Capitu e o capítulo (RJ), Julio Bressane
O bom cinema (SP), Eugenio Puppo

Outros Olhares:
- Deus tem Aids (PE/SP), Fábio Leal, Gustavo Vinagre
- A matéria noturna (ES), Bernard Lessa
- Nunca mais serei a mesma (Brasil/Argentina/Honduras/México), Alice Lanari

Mirada Paranaense
- Bia mais um (PR), Wellington Sari
- Ursa (PR), William de Oliveira

Olhares Brasil:
- Subterrânea (RJ), Pedro Urano
- O bem virá (PE), Uilma Queiroz
- Mirador (PR), Bruno Costa
- N?H? YÃG M? YÕG HÃM: Essa TEerra  é Nossa! (MG), Isael Maxakali, Sueli Maxakali, Carolina Canguçu, Roberto Romero
- Carro Rei (PE), Renata Pinheiro


Programação de curtas brasileiros


Competitiva: 
- A máquina infernal (SP), Francis Vogner dos Reis
- Tereza Joséfa de Jesus (MG), Samuel Costa
- Chão de fábrica, Nina Kopko
- Uma paciência selvagem me trouxe até aqui (SP), Érica Sarmet

Outros Olhares:
- Perto de você, Cássio Kelm
- A culpa não é nossa (RS), Humberto Schumacher
- Eu espero o dia da nossa independência, Brunna Carvalho Almeida, Bruna Laboissière

Mirada Paranaense
- Elas são o meu início (PR), Jéssica Quadros
- Marcha de uma liberdade roubada (PR), Laís da Rosa Coelho
- Meu coração é um pouco mais vazio na cheia (PR), Sabrina Trentim
- Segunda natureza (PR), Milla Jung
- A busca do eu e o silêncio (PR), Giuliano Robert
- Anamnese (PR), Tiago Lipka
- Aquela mesma estação (PR/Cuba), Luiz Lepchak
- Retrato falado (PR), Oda Rodrigues, Luiz Bonin

Olhares Brasil:
- A guerra de Michael, Gregorio Gananian, Daniel Tagliari
- As vezes que não estou lá (PE), Dandara de Moraes
- Belos carnavais, Thiago B. Mendonça
- Colmeia (PI), Mauricio Chades
- Palavra grande, Manoela Ziggiatti
- Quando chegar a noite, pise devagar (PE0, Gabriela Alcântara



**************************

10º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba
De 6 a 14 de outubro de 2021
Programação e exibição - www.olhardecinema.com.br

::Voltar
Sala 
 Betty Faria
Com amor profundo pelo cinema, premiada em vários festivais no Brasil e no exterior